Archive for the ‘Elvis Presley’ category

Top 20 – filmes e vídeos de música (parte 12)

21/04/2017

'68 Comeback Special

Steve Binder foi o ousado diretor e produtor que conseguiu transformar o especial de Natal da NBC com Elvis Presley de uma modorrenta apresentação de músicas natalinas, como desejava o famigerado empresário Colonel Tom Parker, em um épico revival dos anos de Elvis, the Pelvis.

Assim, em junho de 1968, Elvis subiu em um palco em formato de ringue de boxe, acompanhados de seus velhos colegas do início de carreira, Scotty Moore e D.J. Fontana, e outros, vestido com um casaco de couro que nem o rebelde e desafiador John Lennon ousava mais vestir.

Após seis longos anos fora dos palcos, o especial conhecido como 68 Comeback Special mostrava Elvis no auge da forma, tanto física quanto artística. Ao vê-lo cantar relaxado velhas canções como se não houvesse amanhã, sua carreira parecia destinada a uma avassaladora revitalização. E de fato foi assim por um período, mas um curto período.

Com a decadência da fase “gorda” e dançarinas vestidas com gosto duvidoso, o que deixou horrorizado um tímido George Harrison em visita aos bastidores do Madison Square Garden, este especial virou uma referência para os fãs (ou quase fãs) daquilo que poderia ter sido.

Visualmente, o especial é impecável em sua simplicidade e crueza.

Anúncios

Top 10 – Coletâneas (parte 5)

10/08/2016
Elvis 56

Elvis 56 (1996), Elvis Presley.

Elvis Presley tem uma penca de coletâneas, principalmente em vida. A série Elvis’ Golden Records, que de tempos em tempos juntava um pacote de singles, está, certamente, entre as melhores. Mas difícil mesmo é fazer uma coletânea póstuma relevante. E eles conseguiram ao menos duas: uma do período da Sun Records, e outra no momento seguinte, o primeiro ano de Elvis na RCA. E assim nasceu Elvis 56.

A coletânea pega gravações entre janeiro e setembro de 1956, as primeiras do Rei em uma grande gravadora. Som com mais qualidade, melhor produzido, e com um perfil já definido.

Além do mérito de centrar mais no rhythm and blues do que no country e nas baladas, o álbum possui uma das melhores capas da discografia daquele que não morreu.

O próprio conceito da coleção e o curto espaço entre as gravações garantem um elemento essencial para este top 10: a harmonia entre as faixas. Por mais que se conheça a obra de Elvis, escutar Elvis 56 é uma delícia para os ouvidos.